latex

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Pascal e a lógica para acreditar em Deus


O matemático francês Blaise Pascal é conhecido também como filósofo pelo seu livro Pensamentos. Nesse livro, ele formula um argumento que combina matemática e teologia. O filósofo parte do princípio que não se pode provar a existência ou a inexistência de Deus, o que obriga o ser humano a fazer uma escolha: acreditar ou não acreditar em Deus. Esta escolha não precisa ser uma aposta no escuro, ela pode ser lógica. O argumento de Pascal estabelece que é melhor apostar na existência de Deus.
O matemático comprova a sua tese pelo seguinte raciocínio:
1- se você acredita em Deus e Ele existe, quando você morrer seu ganho é infinito, a saber, a vida eterna no paraíso;
2- já se você acredita em Deus e Ele não existe, quando você morrer sua perda é finita, a saber, o tempo de vida que perdeu acreditando numa quimera;
3- se você não acredita em Deus e Ele de fato não existe, quando você morrer seu ganho é finito, a saber, o tempo de vida que não perdeu acreditando numa quimera;
4- mas, se você não acredita em Deus e Ele existe, então quando você morrer sua perda é infinita, a saber, nada menos do que a danação eterna no inferno.
A oposição entre o melhor e o pior resultado da aposta – ganho infinito versus perda infinita – não deixa alternativa senão apostar que Deus existe. Deste modo, mesmo quem não consegue acreditar deve agir como se acreditasse, por via das dúvidas.

A aposta de Pascal é um argumento do século XVII. Podemos dizer que se trata de um argumento forte por ser discutido até hoje, por ter sido pioneiro no campo da teoria das probabilidades, por marcar o primeiro uso formal da teoria da decisão e por fundar na prática o pragmatismo moderno.

2 comentários:

  1. Deus é Amor, se algum ser humano faz boas obras, está a usar Amor, então está a crer que Deus existe.
    Deus é Amor, se algum ser humano faz boas obras, está a usar Amor, então está a crer que Deus existe.

    ResponderExcluir
  2. Deus é a fonte da vida, se existe vida, então Deus existe.
    Deus é a fonte da luz, se existe luz e sua energia espiritual e material, então Deus existe.
    O homem não pode inventar uma coisa que não existe, mas pode misturar verdade com mentira, como o lobisomem (homem que segundo a crendice popular, se transforma em lobo) existe o lobo e o homem mas não existe lobisomem.
    Deus é Espírito e criou primeiro o mundo espiritual (anjos, arcanjos, querubins e serafins) só depois criou o mundo material.
    A matéria não é Deus, Ele é a energia espiritual, é Luz, Vida e Amor.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...